terça-feira, 5 de março de 2013

Dilatação térmica, pra que serve na prática



É fácil de comprovar que as dimensões de um corpo aumentam quando aumentamos a sua temperatura. Salvo algumas exceções, todos os corpos, sólidos, líquidos ou gasosos, dilatam-se quando sua temperatura aumenta.

A dilatação é proporcional ao aumento de temperatura, mas não é a mesma para diferentes materiais, ou seja, mesmo para uma mesma variação de temperatura, a dilatação dos corpos não será a mesma para diferentes materiais, pois cada um tem um coeficiente de dilatação característico.
Alunos dos 2º C e D - Noturno
Um grande número de fatos que ocorrem em nossa vida diária está relacionada com o fenômeno da dilatação. Você já deve ter notado um espaçamento nos blocos de concreto das ruas e avenidas ou em algumas pontes. Aqui em nossa cidade não temos, mais quem já foi à Porto Velho ou outras cidades poderá perceber também um espaçamento nos trilhos do trem. Esse espaçamento é necessário justamente por causa da dilatação que os materiais sofrem. 

Mesmo em casa, aplicamos o efeito do aumento da temperatura, por exemplo, para abrirmos tampas de vidros de conserva, aquecendo-os de alguma forma. Também podemos citar como exemplo, os fios de telefone ou luz, que expostos ao Sol nos dias quentes do verão, variam suas temperaturas consideravelmente, fazendo com que o fio se estenda, o que causa um envergamento maior. A mesma coisa acontece com o fio de cabelo quando se utiliza a "chapinha" para alisá-lo. Dizemos que a dilatação provocou um aumento no comprimento.
Professora Maria acompanhando os alunos

Na construção civil, observa-se o fenômeno da dilatação e os pedreiros usam os conceitos, muitas vezes mais por prática diária do que por conhecimento desse fenômeno físico. No entanto os engenheiros ao projetar casas, prédios, pontes, viadutos, etc, não só levam esses conhecimentos em consideração como tem que fazer vários cálculos a fim de prevendo a dilatação que certos materiais podem sofrer evite-se danos causados por rachaduras em paredes, lajes, muros, pisos e muitos outros.






Dione Marlon De V. Ozorio
Pensando nisso e também no fato que a maioria dos alunos acreditam que esses cálculos extensos não tenham qualquer ligação com nosso cotidiano convidamos o engenheiro civil Sr. Dione Marlon De Vasconcelos Ozorio para uma conversa com os alunos dos 2º Anos do Ensino Médio Noturno, onde o mesmo expos como usa esse conhecimento físico em sua profissão. Após uma breve exposição sobre fatos que estão ao nosso redor e não nos damos conta que são fenômenos físicos e também exemplos de uso do conhecimento da dilatação na engenharia, os alunos tiveram a oportunidade de questionarem e tirar várias dúvidas sobre o assunto.

Agradecemos imensamente a presença e disponibilidade do Sr. Dione pois além de falar sobre a aplicação de um conteúdo da Física na prática acabou suscitando em alguns alunos a vontade de estudar engenharia civil.



Um comentário:

  1. Que bacana!
    Assim os alunos se interessam mais em aprender...


    ResponderExcluir